O seu filho não quer ir para a escola? Descubra o que fazer para contornar essa situação!

Publicado em 14/06/2022 | Atualizado em 22/06/2022 | Por:

A adaptação ao ambiente escolar pode ser um processo mais complexo para algumas crianças, principalmente para aquelas que não estão acostumadas a ficar longos períodos distantes dos pais e, até mesmo, de casa.

No entanto, é possível intervir positivamente com atitudes que fazem toda a diferença para solucionar a recusa escolar por parte das crianças. Entenda como:

3 atitudes que vão ajudar o seu filho a se adaptar à escola

Pai ensinando tarefa escolar para o filho

Pequenos gestos contribuem diretamente para que as crianças se sintam mais abertas a coisas novas e, entre elas, a rotina escolar

Abaixo, separamos algumas atitudes que você pode tomar para ajudar o seu filho a se adaptar à escola:

1- Converse com o seu filho

Para facilitar o processo de adaptação a uma nova rotina, é fundamental que a criança se sinta acolhida e reconheça que pode falar qualquer coisa para os pais.

Através dessas conversas, pergunte sobre o dia a dia na escola, o que ela aprendeu de novo naquele dia, como está sendo a convivência com as outras crianças e outras questões importantes!

2- Identifique quais são os motivos para a recusa escolar  

Conversar com o seu filho sobre o dia na escola é uma maneira bastante efetiva para identificar quais são os motivos para a recusa escolar

Muitas vezes, essa recusa pode estar relacionada à falta dos pais, na dificuldade em fazer amigos, em acompanhar as atividades e, até mesmo, ao bullying.

Após identificar o problema, converse com a criança sobre a situação e, se necessário, vá até à escola para informar a gestão escolar em relação aos ocorridos.

3- Mantenha um contato próximo com os professores

Outra maneira de acompanhar o desenvolvimento escolar do seu filho é manter um contato mais próximo com os professores, se informando quanto a desenvoltura da criança em sala de aula.

Dessa forma, vocês podem trocar sugestões e buscar soluções e alternativas cabíveis para a construção de uma rotina escolar saudável.

4- Aproveite os tempos de lazer com a criança

Momentos de lazer são muito importantes para que a criança se sinta segura e construa memórias afetivas fortes com os pais.

Esse vínculo ajuda a construir um laço de confiança mais forte, gerando espaço para que as crianças conversem sobre as suas inseguranças e medos. 

Por meio dessas atividades, você pode reforçar sobre a importância da escola e, se essa for uma das situações que geram angústias na criança, procurar formas de contornar o problema.

5- Escolha um ambiente escolar acolhedor

É muito importante que você se certifique de que o seu filho faça parte de um ambiente escolar acolhedor e inclusivo. Essa conexão positiva entre a criança e a escola é fundamental para que ela sinta que, de fato, faz parte daquele ambiente.

No Auxiliadora, utilizamos metodologias de ensino muito efetivas para tornar o processo de adaptação à escola interessante para a criança. Com base nisso, os nossos educadores trabalham, através de tarefas, a relação entre os colegas de turma e a participação proativa de todas as crianças.

Quer conhecer mais sobre a nossa escola? Acompanhe-nos também nas redes sociais: @auxiliadoradenatal


Veja Também

Junho e as festas de São João: um período de valorização e celebração cultural

O mês de junho é um período muito aguardado e comemorado em todas as...

Maio de Maria: Um mês simbólico para a Família Auxiliadora!

O mês de maio é muito simbólico e importante para toda a Família Auxiliadora,...

Jornada de Formação 2022: fortalecendo a fé e cultivando valores

Nesta semana, o Instituto Maria Auxiliadora deu início à Jornada de Formação com as...

Linguagens, códigos e suas Tecnologias: confira quais são os conteúdos mais abordados no ENEM!

Otimizar tempo e buscar soluções estratégias para estudar e responder as questões do ENEM...

Nos acompanhe nas Redes Sociais