Ensino Híbrido: O que é e quais os seus benefícios para a educação do séc. XXI?

Publicado em 29/01/2021 | Atualizado em 29/01/2021 | Por:

Antes mesmo de sequer vislumbrarmos a existência de uma pandemia, a educação já se encaminhava para se tornar cada vez mais aliada às novas tecnologias. As novas formas de comunicação, interação e aprendizado têm sido cada vez mais presentes na vida das crianças e adolescentes, não só como instrumentos de lazer, mas também como ferramentas indispensáveis para a formação de cidadãos preparados para o futuro moderno.

Nesse contexto, a educação híbrida já era reconhecida como uma das maiores tendências para a educação do século XXI. Há anos, especialistas e educadores vêm estudando o método como um complemento ao ensino tradicional, a fim de buscar novas formas de aprendizado dentro e fora da sala de aula.

No entanto, essas idealizações ainda eram apenas uma sementinha, que estava estudando o terreno e as condições favoráveis para ser cultivada. Com a pandemia do Covid-19, o cenário mudou drasticamente e os planos de todos tiveram que se adaptar a novos hábitos e rotinas – e o ensino híbrido rapidamente virou parte fundamental desse “novo normal”.

O que é o Ensino Híbrido

Ensino Híbrido, ou blending learning, é um plano de educação no qual os alunos aprendem em parte na sala de aula, e em parte de forma remota, integrando educação e tecnologia de forma complementar e com foco na personalização do aprendizado e no protagonismo do aluno nesse processo – que pode controlar ritmo, espaço e tempo.

Dessa forma, o objetivo é mesclar as estratégias on e offline e potencializar o ensino, para que ele favoreça a interação e o envolvimento com as tecnologias digitais.

É importante ressaltar, no entanto, que essa metodologia não inclui aulas que são ministradas presencialmente e transmitidas ao vivo, bem como as aulas ministradas de forma totalmente remota, com alunos e professores em suas casas. A proposta também não se resume a apenas colocar alguns computadores na frente dos alunos. No ensino híbrido, há o que deve ser aprendido na sala de aula presencial e o que será trabalhado no meio online.

Quais os benefícios do Ensino Híbrido?

Além de contribuir para o maior envolvimento dos alunos com os aparatos tecnológicos, o Ensino Híbrido também propicia um ambiente para que o aluno tenha maior flexibilidade e possibilidades de aprendizado, e também mais controle sobre o seu próprio ritmo e tempo.

Além disso, o método também é uma “mão na roda” para os educadores, que podem dedicar mais tempo às dúvidas e ao acompanhamento individual do aluno, e também conseguem visualizar os resultados da aprendizagem de forma mais precisa. Além disso, torna possível implementar propostas inovadoras que estimulam e incentivam a participação e interação dos alunos, tornando o ensino mais completo e dinâmico.

No IMA, estamos em constante evolução para aprimorar o ensino dos nossos alunos e se adaptar às novas realidades de forma a beneficiar a todos – estudantes, educadores e colaboradores.

Acreditamos que educação e tecnologia estão mais unidos do que nunca, por isso, não medimos esforços para oferecer o melhor na formação dos nossos jovens cidadãos do futuro.

Quer conhecer mais sobre a nossa escola? Acompanhe-nos também nas redes sociais: @auxiliadoradenatal


Veja Também

CarnaIMA 2021: Educando com Amor em Favor da Vida

No último dia 6, a partir das 10h, realizamos a nossa prévia carnavalesca. Com...

Celebrando a Festa de Dom Bosco, o Pai e Mestre da Juventude

Considerado o “Pai e Mestre da juventude”, Dom Bosco nasceu na Itália, em 16...

Ok, Google! Descubra os benefícios do Google For Education

A escola Auxiliadora de Natal anunciou, em um comunicado, que passaria a adotar o...

Ensino Híbrido: O que é e quais os seus benefícios para a educação do séc. XXI?

Antes mesmo de sequer vislumbrarmos a existência de uma pandemia, a educação já se...

Nos acompanhe nas Redes Sociais